quinta-feira, setembro 14, 2006

Efeitos Colaterais (Novos)...

A guerra no Afeganistão e no Iraque está a provocar inesperados “efeitos colaterais”!... Agora, directamente, no País profundo dos “States”. Não acreditam?!... Então atentem na notícia do bem informado jornal “Público” de 2006/09/13, onde se esclarece que “Pais de cartão substituem militares dos EUA em missões no Iraque e Afeganistão”. O informado jornal desce aos pormenores e revela que existe até um programa da Guarda Nacional, no Maine, conhecido por "Flat Daddy", destinado a alimentar as famílias carenciadas com o fornecimento dos referidos pais de cartão. Como se imagina, com a benção de todos os deuses protectores “do lar americano”, fabricados no mais intimo circulo do Olimpo. Pobre(s) Penélope(s) do(s) novo(s) império(s)!...

Imaginem a senhora Mary Holbrook, mulher do sargento Randall, de olhos em alvo em direcção ao mono, desabafando com as amigas, por entre duas coca-cola: “É reconfortante. Ajudou-me muito na adaptação!...” Ou então o pobre marido empalado, em viagem para o funeral da sogra (paz à sua alma) e as tropelias dos “rebentos”, cada um requerendo a melhor atenção do “daddy”! Acreditam que o boneco chegou inteiro, em tal bizarria? Por mim, que não sou americano, conheço criancinhas para quem tal “papá” serviria para as mais insólitas experiências “científicas”, desde a proeminência do umbigo, às cavidades oculares, ou aos pêlos do nariz...

Como vêem estou rendido a tal programa. Completamente. Tanto mais que o circunspecto “Washigton Post”, na sua coluna de aconselhamento familiar, pela voz certamente autorizada de Marguerite Kelly, inclui a ideia na lista da “boas sugestões a considerar por uma mãe cujo marido partiu para o Iraque”.

Um pequeno detalhe, porém, me aflige. O cartão (que espero reciclado) não será frágil e deteriorável?!... Acham que o cartão resiste convenientemente à humidade e ao uso indizível das solitárias carícias femininas?!...Talvez a borracha, ou até mesmo o plástico, material mais consistente e moldável e, ao que consta, com provas dadas... Não me julguem mal, nem me considerem má língua (salvo seja!), pois que perguntar não ofende...

Por outro lado, não acham que a nossa diplomacia está a perder terreno nesta emergência?! Creio que, no seu impoluto atlantismo, o nosso Ministro dos Negócios Estrangeiros está a descurar, inexplicavelmente, esta frente de solidariedade activa para com os Estados Unidos. Com franqueza, o nosso Governo, fazendo jus às melhores tradições machistas do País, deveria apoiar decididamente o “Flat Daddy”, exportando para os Estados Unidos os jovens maiores de 18 anos (nada de trabalho infantil em tal desespero), que por aí pululam em busca de emprego. Com vantagens óbvias para os dois países: o “conforto” das famílias americanas e o equilíbrio da nossa balança de pagamentos...

(A rir se podem dizer coisas sérias. Deixo-vos com um sorriso. Até breve...)

15 comentários:

Bel disse...

O texto fez me sorrir, nao seria suposto mas fez.

P.s. se puderes passa la no blog, estou a tentar identificar uma música quam sabe nao conheçes
obrigado
jinhos

Zéhoje disse...

E assim se fica, sem saber se rir se chorar.

Afinal nesse país, sempre deram maior valor ao papel (leia-se dólar) do que à humanidade.

Maria P. disse...

Efeitos colaterais...ou vice-versa?!

Um abraço.

Dafne disse...

É o verdadeiro espírito americano..

Um beijo e bom fim de semana!

Ant disse...

Enquanto a andarmos dependentes dos Estados Unidos... enquanto não dependermos só de nós... bem, isto foi um disparate. Só mesmo para rir

FOTOESCRITA disse...

Sim, também sorrio. E pergunto: como é possível?! Os deuses devem estar loucos.

Nilson Barcelli disse...

E disseste mesmo coisas séria a sorrir. E fizeste-nos sorrir...
A ideia é espatafúrdia mas talvez funcione nos EU, pois coisas aberrantes é com eles.
Abraço e bfs.

vida de vidro disse...

Parafraseando Obélix :"ils sont fous, ces américains!". Cartão?? :)))**

Licínia Quitério disse...

Homens de cartão? Serão para resistir ao tão temido (por eles) Tigre de Papel?

Até breve, espero.

DIAFRAGMA disse...

Espantoso!
O Herético no seu melhor!!!

ps: e pensar que toda essa operação tem certamente equipas de psicólogos e consultores de todas as áreas possíveis. Estou a imaginar as reuniões de trabalho!

DIAFRAGMA disse...

DESAFIO:
E que me dizes do Papa? ;)

sabr disse...

Pois...bom dia, abraço.

Lord of Erewhon disse...

Há mais Islão... e algum de extrema beleza, sabedoria e bondade.

Abraço.

Nilson Barcelli disse...

Como não há nada de novo, dexo-te um abraço.
Bom fim-de-semana.

Klatuu o embuçado disse...

Para descontraires o músculo... ;)

das ich, destillat
http://download.yousendit.com/2A8261AC04DA6CD4

angels and agony, salvation
http://download.yousendit.com/C9F771E92D44A111

wumpscut, embryodead
http://download.yousendit.com/E09723241DFF6B0C

velvet acid christ, LSD
http://download.yousendit.com/EAA21FBC4DEECF23

snake skin, I am the dark
http://download.yousendit.com/DDA767BC366B80BE

punto omega, guerra en los cielos
http://download.yousendit.com/0140A8D928926763

chemical angel, strike
http://download.yousendit.com/D1FE5A982910E5C3

xotox, lichtlos
http://download.yousendit.com/203410E46708ED86

covenant, dead stars
http://download.yousendit.com/3AF51886517965C8

blasted mechanism, industrial
http://download.yousendit.com/C785374960E2C96D

NOTA: só disponível até 30 de Setembro.