sexta-feira, setembro 14, 2007

Flores para o sr. Scolari (em forma de redondilha!)

“Mester havia D. Gil
Um falcãozinho bornil
Que não voasse
A D. Gil
Nem migalha não filasse!

Um galguinho lebril
Que uma lebre de mil
Não filasse
A D. Gil
Mas rabejasse e ladrasse!

Podengo de riba Sil
Que confiasse um muril
Que lhe mijasse
A D. Gil,
Quando a lebre lhe achasse!

E ossas dum javali
Que dessem por seu quadril
Embargasse
A D. Gil
Quando lebre levantasse!...”

Cancioneiro Nacional – Anónimo - citado em “Homo Ludicus" - M. Sérgio e Noronha Feio – Edição Compendium.

Costuma afirmar-se que para um verdadeiro líder haverá sempre “um tempo falcão e um tempo coruja”. Nem um, nem outro, no caso. Apenas tempo de voar baixinho e cenas... grotescas! Que o meanstream desportivo (e político) está apto a branquear...

15 comentários:

Mar Arável disse...

deu um soco na bandeira nacional

obviamente - demiti-o

Licínia Quitério disse...

Lembraste-me: "eu que sou lobinho-cão nunca corri tanto em vão" e, em resposta: "eu que sou ovelhinha ruça nunca corri tanto de escaramuça".
É isso. Há o tempo de lobo, há o tempo de ovelha. Quem não tem tal em conta...

Abraço.

hfm disse...

Gostei da subtileza deste post.

Gi disse...

Em seu abono, reconheço-lhe a capacidade que teve em tirar o caso Maccann das primeiras páginas dos jornais e abertura de noticiários ...

Beijinhos

Nilson Barcelli disse...

Será que esse branqueamento é de interesse público...?
Bem... mas houve muito boa gente que no passado recente levou castigos simbólicos...
João Pinto e Zidane, por exemplo.
Bfs, abraço.

pentelho real disse...

Nada de bom acontece no meu reino?

triliti star disse...

a tua grande capacidade de comentar o que vai acontecendo.
abraço.

Peter disse...

E ninguém liga aos rapazes do râguebi que andam ali "por amor à arte"!
A "garra" com que eles cantam o Hino Nacional!

un dress disse...

gosto de como contas o que pensávamos que sabíamos..;)





BEIJO

Paulo Sempre disse...

S. Francisco de Sales dizia: "Enquanto um fruto não é encetado conserva-se por muito tempo mas se for encetado, depressa apodrecerá"

Abraço
Paulo

manhã disse...

eu cá sou pelo Scolari,o homem anda desesperado, os nossos jogadores perderam a fibra, ou o figo, já nem sei.

vida de vidro disse...

Prefiro esta forma jocosa de comentar uma atitude inqualificável às discussões "sérias" dos jornais.
O homem teve o seu "estado de graça". Merecido ou não. Agora que as coisas correm mal, era altura de mostrar alguma dignidade. **

bettips disse...

Adorei a alegria irónica da redondilha! E não é que é tão actual? Para a pandilha que por aí grassa sem graça (de futebol, só o que vou ouvindo e de política quase só o que vou sentindo...). Abraços

Belzebu disse...

O branqueamento em Portugal, é quase uma imagem de marca e como tal, investe-se mesmo onde não se devia!

Vergonha, é a única palavra que me ocorre!

Aquele abraço infernal!

Miosotis disse...

Bem, devo confessar que não me lembrava de ouvir e ver cantar 'A Portuguesa' com 'tal garra e tal engenho'!
Como alguém já referiu... os rapazes do râguebi puseram a alma por completo num jogo que de antemão sabiam perdido. Mas foram à luta!
Isso é muito de louvar!

Sensibilizada pelo teu olhar atento em 'fragmentos'!

Um beijo,