terça-feira, janeiro 06, 2009

Obama rompeu o silêncio sobre o conflito em Gaza...

Barack Obama, presidente eleito dos Estados Unidos, rompeu o silêncio acerca da guerra em Gaza e expressou a sua “profunda preocupação”pela perda de vidas civis na ofensiva israelita, que fez já mais de 630 mortos em 11 dias. As declarações de Obama foram produzidas depois do ataque, que fez pelo menos 40 mortos, a uma escola da ONU em Gaza, cheia de refugiados palestinianos.

A perda de vidas civis em Gaza e Israel é uma fonte de profunda preocupação para mim – disse o Presidente eleito. No entanto, realçou que apenas o Presidente George W. Bush é a voz da política internacional do país nestes momentos e que depois da sua investidura na Casa Branca, em 20 de Janeiro, expressará mais opiniões sobre o conflito.

Entretanto, a Casa Branca reiterou hoje a chamada de atenção a Israel para que faça o possível para evitar vítimas civis, depois do bombardeamento à escola da ONU. E insistiu que, se os Estados Unidos querem que se acorde um cessar-fogo em Gaza, qualquer acordo deverá, no entanto, ser duradoiro e sustentável. E acrescentou que, mediante a visita da Secretária de Estado, Condolezza Rice, à sede das Nações Unidas, Washington quer demonstrar que está aberto a diversas fórmulas para se conseguir que cessem as hostilidades.

Por outro lado, o primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, qualificou este conflito como o momento mais negro do Próximo Oriente
e que esperava que se encontre uma base para um cessar-fogo imediato em Gaza. “Obviamente, depende do que façamos com (...) segurança de Israel e dos palestinianos - acrescentou.

Entretanto a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, que até agora havia responsabilizado apenas o movimento integrista Hamas pelo conflito expressou hoje “profunda preocupação a situação da população civil em Gaza, que piora de forma crescente”.

Através de um comunicado o porta-voz do governo de Berlim, apelou a que se “garanta o abastecimento humanitário com bens, víveres e medicamentos à população da faixa de Gaza”.

http://www.palestinalibre.org/

.......................................................................

Dir-me-ão os mais cínicos que os objectivos de Israel estarão em vias de ser conseguidos. E que se trata agora de salvar a face e... as aparências!...

Prefiro acreditar que a consciência dos Povos e os protestos generalizados contra a iniquidade vão fazendo caminho. Apesar de tudo...

28 comentários:

Paula Raposo disse...

A mim parece-me muita conversa e pouca acção. Digo eu. Beijos.

batista disse...

não tencionava blogar nesse período. estou "até o pescoço" na execução de projetos de comunicação comunitária... mas é inconcebível que calemos nesse momento.
no último parágrafo do teu post, permita-me a liberdade, substituo duas palavras por uma só, ou seja:

"Acredito que a consciência dos Povos e os protestos generalizados contra a iniquidade vão fazendo caminho. Apesar de tudo..."

deixo um abraço fraterno e solidário com a causa Palestina.

Maria disse...

Ontem não éramos muitos. Espero que sejamos muitos mais dia 8.
Porque denunciar é preciso.
Porque chegou o momento da SOLIDARIEDADE com a PALESTINA!!!

Beijos beijos

bettips disse...

Chamar a atenção para os cadáveres.
Os que morrem do sangue derramado.
À volta das mesas se sentam outros mortos-vivos a quem a História não perdoará as evasivas.
Forçar a paz num clamor; acredito na esperança, para os que restarem.
Quero acreditar.
Abçs

casa de passe disse...

prefiro fechar os olhos ...

"cómo duermen las gitanas?”

besos

LouLou

mariab disse...

Entendo que prefiras acreditar nisso. Eu, se calhar, sou cínica. Ou desencantada. É que, de todo o teu excelente post ressalta que eles falam, falam, falam , mas não dizem nada... Beijo

Graça Pires disse...

"Prefiro acreditar que a consciência dos Povos e os protestos generalizados contra a iniquidade vão fazendo caminho. Apesar de tudo..."
Eu também. Um beijo.

paopbocca disse...

post dedicado à Paula Raposo.
Ler com atenção.
uma prenda para ela noutro blog.
obrigado Pela atenção
O post é grande é importante que se leia até ao fim
küss ich

dona tela disse...

Pode não acreditar, mas ando mesmo assustada com este mundo.

Muitos cumprimentos.

Carla disse...

sinceramente acho que o cinismo não permitirá que nada se faça. Este hiato de tempo antes da tomada de posse de Obama permitiu que isto acontecesse. Infelizmente sofrem os inocentes...como sempre
bom ano...apesar de tudo

mariam disse...

Herético,

e assim está a "humanidade", cheia de guerras, pseudo-causas e grandes cinismos...
Não vou poder estar amanhã ao lado de espero que muitos...

deixo um pequenito contributo aqui...

http://www.avaaz.org/po/gaza_time_for_peace/97.php?cl_tf_sign=1

eu assinei :)

obrigada p'lo post.

um abraço e um sorriso solidário :)
mariam

vida de vidro disse...

Sinceramente, também gostava de acreditar que, como diz o provérbio popular, " água mole em pedra dura...", mas não sei... Muitos interesses se movem e não me parece sequer que a nova administração americana vá mudar o que quer que seja neste assunto. Entretanto, Israel terá marcado mais uns pontos. Quem sofre mais no meio de tudo isto? Como sempre, o povo palestiniano. **

isabel victor disse...

Prefiro acreditar que a consciência dos Povos e os protestos generalizados contra a iniquidade vão fazendo caminho. Apesar de tudo...

_____________
Também.


Abraço-(o) nesta causa. Por causa.



obrigada pela visita ...


iv*

Frioleiras disse...

beijinhos para ti...

e eu a ler-te
sempre......

Arabica disse...

Consciencia dos povos.


Onde estará a memória dos mesmos?



Como será possivel?



Abraço

Bandida disse...

não há fim para esta puta desta luta. que angústia.

Véu de Maya disse...

Estou integralmente contigo, meu caro hrético, nessa crença profunda de que " se não fosse a consciência dos povos e os protestos generalizados" a barbárie se tornaria banal e a hidra do mal se exibiria com toda a desvergonha...

abraços.

jrd disse...

Há muita gente a "combater" até ao último palestiniano. Ainda não sei se Obama está nesse "exército".

mdsol disse...

Preferes bem...
:))

Mar Arável disse...

AI - AI OBAMAS

PiresF disse...

In Publico / Informativo-Notícia

"Intensificam-se esforços diplomáticos para conseguir cessar-fogo em Gaza

Amos Gilad, conselheiro político do ministro da Defesa israelita, encontrou-se hoje com o chefe dos serviços de informação egípcios, Omar Suleiman, figura chave em todas as negociações sensíveis na região, sublinha a AFP.

No final do encontro não foram prestadas quaisquer declarações e o enviado israelita regressou já ao país, mas fontes diplomáticas evocaram a possibilidade de uma cimeira, no próximo domingo, entre o Presidente egípcio, Hosni Mubarak, e o primeiro-ministro israelita, Ehud Olmert, para discutir a proposta de cessar-fogo.

O plano apresentado anteontem por egípcios e franceses prevê um cessar-fogo por tempo limitado, seguido de negociações entre israelitas e palestinianos com vista ao fim do bloqueio à Faixa de Gaza e ao reforço de segurança nas fronteiras. Este ponto é particularmente caro a Israel, que pretende garantir que o Hamas não aproveitará a trégua para se rearmar, o que deverá passar pela instalação de peritos internacionais na fronteira entre o Egipto e a Faixa de Gaza, zona onde se supõem existir centenas de túneis usados para o contrabando.

Apesar de Israel já ter aceitado os princípios do acordo, as organizações palestinianas sediadas em Damasco, incluindo o Hamas, fizeram saber que o plano internacional não constitui uma "base válida para a resolução da crise" - uma declaração que o Egipto não comenta, dizendo esperar por uma posição oficial dos palestinianos."

Abraço

Marinha de Allegue disse...

A situación require pensamento-sentimento-acción inminente non si???.

Unha aperta Herético.
:)

hfm disse...

Gostaria tanto de não estar céptica com a parte final deste texto mas estou tão descrente com os jogos políticos...

Menina_marota disse...

Eu quero acreditar que ainda existe CONSCIÊNCIA. Quero mesmo acreditar!

Beijo e um excelente 2009

M. disse...

veremos veremos...

eu também penso o outro lado, aquele que permite que tudo aconteça: QUEM fornece as armas a Israel e aos palestinianos??

baaahhhh

C Valente disse...

Saudações amigas

M. disse...

Sim, "apesar de tudo"...

Alvarez disse...

Caro Herético,

Bem na "muge"...

Alvarez