domingo, fevereiro 01, 2009




Foi publicado o número 1706 da Revista “SEARA NOVA”. Ao longo das 24 páginas merece especial destaque a crise financeira e económica, que assola o país e todo o Mundo. Sobre este tema, escrevem eminentes intelectuais de diversas áreas de pensamento económico e social, que dão uma visão ampla e aprofundada das causas e consequências da crise que vivemos.

Assim, o professor António Avelãs Nunes escreve sobre “As crises económicas e o Estado capitalista”, o professor João Ferreira do Amaral subscreve um artigo sobre “A falência do neoliberalismo”, a professora Manuela Silva assina o tema “Desigualdades crescentes em tempo de crise financeira – um desafio para a ciência económica” e o professor António Simões Lopes analisa a crise na sua vertente moral e ética no artigo “Irresponsabilidade”.

Por sua vez, o economista Octávio Teixeira assina o artigo “De crise em crise...” e o doutor Sérgio Ribeiro o artigo “As crises na crise e as ilusões no intervalo – notas breves (mas não ligeiras)”, enquanto que o jurista Vítor Ramalho escreve sobre o tema “A crise financeira e económica – que soluções!”.

O politólogo André Freire reflecte sobre “A crise do capitalismo neoliberal: diagnóstico e alternativas” e o doutorado em Sociologia Manuel Carvalho da Silva, secretário-geral da CGTP, sobre “Caracterizar a crise e exigir as necessárias rupturas e reformas”

Os temas internacionais dão relevo a dois factos importantes: a eleição de Barack Obama como presidente dos Estados Unidos da América e o 50.º aniversário da Revolução cubana. O primeiro assunto é tratado por Larry Holmes, dirigente do Partido dos Trabalhadores dos EUA, em artigo intitulado “Barack Obama, primeiro presidente negro – oportunidade para aumentar a luta” e o aniversário da Revolução cubana é assinalado com uma entrevista ao embaixador de Cuba em Portugal, Jorge Castro Benítez e um artigo de Armanda Carvalho da Fonseca, presidente da Associação de Amizade Portugal-Cuba.

“Os direitos humanos e a propriedade fundiária no Brasil” são o tema tratado pelo jurista António Bica, que fundamentadamente ajuda a compreender, entre outros aspectos, a luta do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra no Brasil.

O Orçamento de Estado para 2009 é analisado pelo economista Gilberto Lindim Ramos e o jurista Manuel Veiga assina um artigo sobre alguns aspectos da “Ideologia do Consumo”.

Este número da revista “SEARA NOVA” completa-se com a habitual rubrica sobre Cinema com a crítica a dois filmes: “Destruir Depois de Ler” e “Gomorra”, as notas de leitura - os “Factos e Documentos” – uma síntese de opiniões veiculadas pela comunicação social e a ainda o “Momento de Poesia”, com dois poemas.

...................................................................
Assinatura anual (4 números) - € 15.00 euros
Rua Latino Coelho, nº6-4ºEsq.
1050-136 LISBOA

EMAIL - searanova@searanova.publ.pt
Tel. - 21 355 54 07

20 comentários:

Maria disse...

É uma excelente revista. Só não sei se sobreviverá, com as dificuldades... da crise...

Beijos

M. disse...

Uma revista muito rica de certeza.

O Puma disse...

Seara Nova

um hino á resistência

dos democratas

uma referência histórica

para consulta

e leitura também hoje

Seara Nova uma revista

para divulgar pela qualidade

e sensibilidade dos colaboradores

dirigida com liberdade

para gente livre

Arabica disse...

Herético,

será talvez bom lembrar que em 1921" Os homens da Seara Nova consideravam-se, segundo um texto do 1º número, "poetas militantes, críticos militantes, economistas e pedagogos militantes", intenção essa que contribuiu para quebrar o isolamento dos homens de elite, aproximando-os da realidade social ao mesmo tempo que combatiam com as armas de que dispunham contra o fascismo salazarista.

Ao que a "Seara" já resistiu!! :)


Um beijo, bom dia de chuva!! :)


(e eu é que te agradeço a lembrança)

Graça Pires disse...

Já há tão poucos que resistem...
Um beijo.

Véu de Maya disse...

excelente revista! vou activar a sua assinatura anual...pois as matérias e os articulistas têm muito interesse...bem hajas.

abraços

Mel de Carvalho disse...

tentarei adquirir, pese embora a dificuldade em, na zona de minha residência, a encontrar.

fraterno abraço
Mel

C Valente disse...

Saudações amigas

~pi disse...

REGISTADO! :)




BEIJO




~

hfm disse...

Gosto.

Nilson Barcelli disse...

Já não leio a Seara Nova há séculos...
Nem sei se mantém a mesma qualidade.
Abraço.

mdsol disse...

:))

casa de passe disse...

fazer recordar esta revista é sempre bom. chamar a atenção para a seara nova é sempre bom: para que a não esqueçamos ou para que dela se tome conhecimento.

um abraço.


Ernesto, o avô

© Piedade Araújo Sol disse...

registei a informação.

um beijo

Licínia Quitério disse...

Uma Seara sempre Nova. Faz falta.

Um beijo.

mariab disse...

Anotado. Para não esquecer.
Beijos

vida de vidro disse...

Uma revista única na sua tradição de resistência. Fazes bem em lembrar. **

Carla disse...

sem dúvida uma revista a ler com toda a atenção...esperemos que a qualidade que ela possui não se ressinta com a crise que os órgãos de comunicação socila escrita estão a atravessar
beijos

mariam disse...

Herético,

acabei de ver no MarArável. obrigada p'la partilha e divulgação.

um abraço
mariam

Matos disse...

"Cuba é socialista por vontade do seu povo"

trata-se de uma rtevista de humor, só pode!