terça-feira, abril 14, 2009

Si pudiera vivir nuevamente ...

"Si pudiera vivir nuevamente mi vida
en la próxima trataría de cometer más errores.
No intentaría ser tan perfecto, me relajaría más.
Sería más tonto de lo que he sido
De hecho tomaría muy pocas cosas com seriedad.

Sería menos higiénico; correría más riesgos,
haría más viajes, contemplaría más atardeceres,
subiría más montañas, nadaría más rios.
Iría a más lugares a donde nunca he ido,
tendería más problemas reales y menos imaginarios.

Yo fui una de esas personas que vivió sensata y
prolíficamente cada minuto de su vida,
claro que tuve momentos de alegria,
pero si pudiera volver atrás, trataría de tener solamente
buenos momentos.

Pero si no saben, de eso esta hecha la vida, solo de
momentos; no te pierdas el de ahora.
Yo era uno de esos que nunca van a ninguna parte sin un
termómetro, una bolsa de agua caliente, um paraguas y un
paracaídas; si pudiera volver a vivir, viajaría más
liviano.

Si pudiera volver a vivir comenzaría a andar descalzo a
principios de la primavera y seguiría así hasta concluir el otoño.
Daría más vueltas en calesita, contemplaría más amaneceres
y jugaría com má niños,
si tuviera outra vez la vida delante.

Pero yá vem, tengo 85 años y sé me estoy muriendo!..."


Jorge Luís Borges

............................................................

Em castelhano, por pudor em traduzir. E todo mundo lê...

28 comentários:

Carla disse...

talvez assim se vivesse a vida em maior plenitude
beijos

Maria disse...

Viveria mais, viveria melhor?
Viveria apenas diferente. Creio que todos nós o faríamos, se estivessemos à beira dos 85 anos.
Ainda vamos a tempo...

:)))
Beijos e beijos

bettips disse...

...pois, conhecia e admirava-o, ser capaz de o dizer!
Algumas vezes, quereríamos andar descalços, no parque. Mas há tantas paredes e "tão poucas coisas boas acontecem".
Bjinho

mdsol disse...

Ops
Por segundos ... também escreve em castelhano?...
Borges Sempre!

:)))

[E aqui nunca há atrasos]

Mel de Carvalho disse...

"Si pudiera vivir nuevamente mi vida
en la próxima trataría de cometer más errores..."

Belíssimo poema, Herético.
Grata pela partilha e pela reflexão que o mesmo me proporcionou.

Fraterno abraço
Mel
www.noitedemel.blogs.sapo.pt

Peter disse...

Um parente por afinidade, soube que tinha um ano de vida, no máximo.
Viveu-o intensamente.

hfm disse...

Sempre ele na sua estranha e complexa sabedoria.

mariab disse...

tão belo... fiquei a pensar se vale a pena levar a vida a sério. será que seria diferente se vivessemos segunda vez?
beijos

~pi disse...

engolir em seco

a seco

e molhar a vida? :)



beijo




~

um Ar de disse...

Parece que teremos que esperar... [pela idade...]
.
Por agora, vivemos de forma "sensata" e "prolífica", atás do tempo!
... ainda parece ser cedo [?] para colocar a questão:
"Si pudiera vivir nuevamente..."
.
[Beijo...@]

.

jrd disse...

Non puede vivir nuevamente quien non se muera.

Tinta Azul disse...

Pois...
é a vida..
quando se acha que se aprendeu a viver é quando já se está muito perto de morrer...
Bjs

vida de vidro disse...

"Pero si no saben, de eso esta hecha la vida, solo de
momentos; no te pierdas el de ahora"

Sabedoria mesclada daquela sensação de que não devíamos ter desperdiçado um só momento. Na verdade, nenhum deles voltará e, se voltasse,voltaríamos a fazer o que fizemos. A não ser que voltássemos a viver já com a sabedoria acumulada da primeira experiência. Não há volta a dar... :)**

Isabel disse...

o Borges até se lê em chinamarquês....:)



e vive-se sempre outra vez...mais não seja nas palavras do Poeta.

.

abraço.


(piano)

Maria P. disse...

Si...
Sempre.

Beijinho*

SILÊNCIO CULPADO disse...

Herético
Também sou fã de Luís Borges. Ainda bem que deixaste este magnífico poema por traduzir. Fica bem assim no castelhano.
Quanto aos erros digo como Charlot: gosto deles e por nada quereria renunciar à liberdade maravilhosa de me poder enganar.

Abraço

Mar Arável disse...

O grande Borges

ao som do jaze

Boa memória

M. disse...

Ah como ele fala com sabedoria!

Licínia Quitério disse...

"no te pierdas el de ahora" - E como é que isso se consegue???

Beijo.

Entre "aspas" disse...

A vida poderia ser diferente se a nossa visão fosse mais abrangente e menos egoísta.
Bjs Zita

Oliver Pickwick disse...

Bela poesia! Após tal leitura, imagino o quanto seria bom se em nossas vidas pudéssemos acionar aquele comando usado em computadores, crtl + Z.
Um abraço!

triliti star disse...

de boa intenções...


de qualquer maneira as pessoas não mudam só por querer mudar, tem que haver uma coisinha lá dentro a rebentar e as fazer correr novos rios para serem navegados.

mas, j l borges, sempre

São disse...

Fizsete bem em não traduzir: toda a poesia deveria ser lida na lígua em que é escrita originalmente.
Um feliz fim de semana.

Véu de Maya disse...

tocante até à medula...a dor que se fez pérola...enorme poeta, e deixares o poema em castelhano me parece a escolha perfeita.

abraço

mundo azul disse...

________________________________

Nossa! Esse texto é belíssimo!


Obrigada por traze-lo...


Beijos de luz e um domingo feliz, amigo!!!

_________________________________

© Piedade Araújo Sol disse...

pois é verdade,não precisas traduzir, porque se consegue ler a mensagem...de sabedoria, acho eu.

beij

Vitória disse...

Por pudor não comento Borges.

Mas digo-te: se pudesse viver novamente nascería homem.

Como não é possível... deixo um beijo.

escarlate.due disse...

si pudiera vivir nuevamente mi vida, no ha cambiado una coma!

besooo