quarta-feira, julho 21, 2010

... “Era um Leão, uma Girafa e um Pássaro chamado Homem!”

António
..................................................

Temos poeta, ou serão meus olhos de coruja?!...

15 comentários:

Graça Pires disse...

Temos poeta, amigo. Um pássaro chamado homem é extremamente metafórico. Em seu voo lento, os homens com asas hão-de reinventar a cúmplice peregrinação da luz...
Um beijo ao menino. Outro para si.

Maria disse...

Se sair ao avô, temos!

Beijo, avô babado :)))

jrd disse...

Temos sim senhor! Quer dizer sim menino!
Abraço

hfm disse...

Temos, mesmo e temos felizmente, também a ternura do olhar - outra poesia.

MagyMay disse...

Um Leão, uma Girafa e um Pássaro chamado Homem... envolto uns olhos de coruja... é de poeta!!!!

Beijo, Herético

São disse...

Amigo, muito provavelmente teremos poeta. Por agora, temos uma criança muito bonita.

Um abraço para ti , um beijo para ele.

Maria Valadas disse...

Claro que vamos ter um futuro poeta!!
Assim, o menino tenha o Dom do Avô!

Os meus olhos brilharam de emoção com este post... saber-se-á o porquê?!

Um beijo ao avô e outro ao netinho.

Resto de boa semana.

Maria

Licínia Quitério disse...

Poeta, sim, mesmo que não escreva poesia.

Parabéns, Avô!

Rogério Pereira disse...

Será o que será, desde que ame a poesia...

(olha outro avô babado!)

OrCa disse...

Vovô, pássaro chamado homem é obra! Bem melhor do que homem chamado pássaro, que desses temos bisnaus qu'avonde.

Quem sai aos seus...?

E, cá para nós, de mocho para coruja, quem nos dera esse voo de sermos, outra vez, crianças e termos a singeleza evidente das coisas simples ao nosso alcance...

Um destes dias vais trazê-lo às Noites. ;-»

Um abraço, com alguma nostalgia, diga-se...

mdsol disse...

Ohhhhhhhh pois temos. Menino mailindo.
Parabéns.

:)))

lino disse...

Hesitei durante dois dias, para não meter o pé na argola com o "olhar de coruja". Provavelmente iremos ter poeta, sim.
abraço

Véu de Maya disse...

Sem asas o homem não tem garra, nem alcance no olhar...aí, sim. teríamos criaturas humanas que merecem todo o respeito, mas faltaria o poeta que é o António.
Uma gracinha de poeta...

Abraços,

Véu de Maya

gabriela r martins disse...

um pequeno/grande espanto.....



.
um beijo

Virgínia do Carmo disse...

A noção precisa do conceito de "asas" indicia que temos poeta!

Abraço