sábado, outubro 30, 2010

Entremês(ez) burlesco…



Ao que parece, o entremês burlesco chegou ao fim. O PS e o PSD revelam, publicamente, que estão unidos como irmãos siameses na magna questão orçamental. O mesmo é dizer que unidos nas mesmas políticas de desastre nacional das últimas décadas, em que se revezaram no Governo.

Apenas os incautos poderiam duvidar…

Claro que nesta farsa, tudo se conjugou, ao milímetro, para que o candidato Cavaco Silva assumisse as funções de contra-regra. A peça, porém, é mero guião simplex, decidido nas instâncias económicas internacionais, como a despudorada intervenção da banca nacional bem revela, face a iminência do corte dos créditos, que alimentam a rapacidade capitalista…

Mas haja Deus! Teremos orçamento de Estado e Cavaco Silva é seu profeta!...

O mesmíssimo “homem do leme” que, agora compungido, declara que lhe “dói a situação País”, mas que foi o feitor mor, enquanto Primeiro-ministro, dos interesses económicos e políticos que descambaram na situação presente. Não o único, claro! A mesmíssima política trazia antecedentes socialistas e, no seu bojo, consequentes ainda mais radicais, também socialistas.

Mas Cavaco Silva não pode por o rabo de fora, passe e plebeísmo. Como Primeiro-ministro e, enquanto Presidente da República, tem sido no plano nacional, persistentemente, um dos artificies do modelo económico que levou o Pais ao desastre.

Ou não foi ele quem liquidou a agricultura, as pescas e a indústria nacionais, em nome de uma “política de betão” e de serviços, que injectou milhões e milhões de euros na alimentação de empresas privadas e fortunas obscenas? Na base de pródigos subsídios, benefícios fiscais e salários baixos…

E, como Presidente da República, alguma vez se demarcou do modelo económico e social dominante? Aliás, em seus penosos discursos e elípticos recados, em nada tem questionado os ataques ao dito “modelo social europeu” (seja ele o que for) e seus impactos no quotidiano das pessoas, que alargam, cada vez mais, o fosso da pobreza… Limita-se a pios gemidos, em água chilra de assistencialismo e filantropia como solução para os problemas sociais…  

Anuncia-nos, agora, em euforia de auto-elogio, que em segundo mandato presidencial, irá exercer “magistratura de influência activa”…   

Acautelem-se, pois. Ponham as barbas de molho, meus caros. E, minhas amigas, resguardem as formas anatómicas mais cobiçadas e roliças – o Presidente-candidato vai ser activo de ora em diante!...
       

19 comentários:

jrd disse...

O homem vai fazer uma pausa nos livros de economia e passar à literatura 'porno-erótica'.
Vai ser um ver se te avias de Viagra e o país vai ficar f.....(ainda mais).
Abraço

Licínia Quitério disse...

Como é possível que eles nos tratem desta maneira, como se fôssemos todos atrasados mentais, imbecis?
Este entremês burlesco, como lhe chamas e bem, arrastou-se até à náusea, com pormenores a rasar a indecência.
Que gente é esta que nos coube em sorte? O que é que fizemos de errado para que eles nos desfaçam a vida?
Outro tempo virá, mas entretanto quanta aflição, quanta tristeza!

Abraço, meu amigo.

São disse...

Cavaco Silva é o cúmulo do cisnismo: como é possivel afirmar sempre que não é político, quando está no poder (em várias funções) há décadas?! E, mais estranho, como pode o bom povo (aquele a quem ele abriu caridosamente as portas de Belém) acreditar em tamanha mentira?!

Serena noite ...e não te esqueças de atrasar o relógio, rrs

Vieira Calado disse...

Só os líricos acreditariam que os cinzentões não estivessem unidos...
em volta do guarda-livros...
do ALLgarve...

Forte abraço

lino disse...

Para além da ruína de vários sectores, contribuiu para o descalabro de uma preciosidade nacional, o bolo rei. Desde que lhe vi o esófago por detrás de uma bocarra atafulhada de bolo rei nunca mais apreciei tal coisa.
Abraço

uminuto disse...

burlesca esta situação em que nos meteram e de onde não conseguimos ver luz ao fundo do tunel.
A situação agrava-se a olhos vistos e apenas os nossos políticos não se conseguem aperceber que o país caminha para uma bancarrota de que todos nos vamos ressentir

mdsol disse...

Balhamedeus, Herético! É que me não me conformo! Ele maila Maria.

:((((((( [Este amuo não é pelo texto, entenda-se... :)))]

Paulo Sempre disse...

"O Presidente-candidato vai ser activo de ora em diante!..."

Já não era sem tempo. Mesmo assim tenho dúvidas...
Cavaco Silva bem sabe que a sua "máscara" é o seu "sustento" político.

Abraço

paulo

jawaa disse...

«No tempo em que festejavam o dia dos meus anos....

Pára, meu coração!...Não penses!... Deixa o pensar na cabeça!
Ó meu Deus, meu Deus, meu Deus!
Hoje já não faço anos...Duro...Somam-se dias...
Serei velho quando for!...Mais nada!»

Só posso acrescentar:
«Pas d'issue!»

Um abraço

Graça Pires disse...

Foi tudo uma palhaçada... Estou de acordo contigo. Isto não é mau, é péssimo. E porque "apenas os incautos poderiam duvidar…" eu não duvido.
Beijos.

OrCa disse...

O bloco central de interesses tem ilustres abencerragens no seu seio, que não se duvide. Desde logo, o ilustríssimo Aníbal que, mesmo sem elefantes, deu conta também do movimento sindical, através da injecção de preversos dinheiros (as acções de formação, lembras-te?), estoirou com as empresas públicas estratégicas em privatizações fantasiosas - que dão os resultados que estão agora à vista de todos e cuja concorrência é uma falácia a roçar o criminoso...

O senhor Aníbal, sim senhor. Foi ele. E, depois, o Guterres. E, depois, o Durão. E, depos o Sócrates... Ping-pong, ping-pong... E quem é que está a fazer de bolinha, quem é?

Grande abraço, amigo. É sempre um prazer ler-te.

lis disse...

As crises passam
Acautelai-vos !
no entanto
os sonhos
devem continuar heretico

deixando o abraço

Rogério Pereira disse...

Também por isto...
Não sei se dá grande importância a selos, a prémios e prendas. Eu recebi um Prémio Dardos, com a condição de nomear alguém que acrescente valor na Web. Nomeei o seu blogue, por aquilo que nele tenho lido e pelos valores que defende. Pode até não levar esse prémio, mas que o mereceu, mereceu. Digo eu!

MagyMay disse...

Meu povo, este homem novamente a candidatar-se, arre!!!
Se há coisa que me nauseia é ter este senhor como presidente do meu país.

Beijo para ti

Genny Xavier disse...

Querido Herético,

Pois bem, caro amigo, são estes os caminhos (ou descaminhos) que a pólitica e os políticos nos apontam neste incerto tempo de se viver...Não vai muito diferente dos acordos e conchavos deste meu Brasil grande e contraditório.
Beijos,
Genny

Maria P. disse...

Tantas cenas para um público que anda sem vontade de bater palmas...

Beijos*

São disse...

Se aceitares o convite para passares lá por casa, agradeço-te.

Bom final de semana.

Maria Clarinda disse...

Um beijo...passei, fiquei...gostei. Obrigada. Jhs

Véu de Maya disse...

O relógio marca as horas...E quem paga é o povo de sempre...Mas que fado...virão dias melhores? com licenca,tenho de ser céptico.
abraço,

Véu de Maya