segunda-feira, março 21, 2011

POEMA PLURAL...



No corpo do poema
Outro poema

Que se escreve
Em caligrafia
De dedos
Sem qualquer morfema…

E se colhe
Em bocas de lume
 - Que a poesia
Também
Se come...

Cativos dias
Dessa fome!..

Que o poeta
Se liberta
E se faz Homem

E rima
Em corpo poema
De Mulher

20 comentários:

Maria disse...

Belo!
Dá-me poesia todos os dias...

Beijos.

© Piedade Araújo Sol disse...

belo poema dedicado à mulher a assinalar o dia da poesia.

meu beij

jrd disse...

Na pele se escreve a poesia.
Belíssimo.

Maria Clarinda disse...

Como é bom regressar e ler-te. Obrigada

hfm disse...

Como gostei!

lino disse...

Lindíssimo poema!
Abraço

Nilson Barcelli disse...

Belo, este teu versejar plural.
De dois, deduzo...
Gostei.
Um abraço.

Tainá disse...

Querido poeta,
No verso plural a medida certa da melodia entre a poesia e a mulher...no verso plural a estrutura mais bela do corpo-poema de mulher...
Beijos,
Genny

Genny Xavier disse...

Herético,
O comentário acima foi enviado com o nome da minha filha (Tainá) porque não percebi que ela estava com a conta dela do g-mail em aberto no computador...então por erro do sistema apareceu truncado.
Desculpe pelo erro.
Beijos,
Genny

Jorge Castro (OrCa) disse...

Sempre a ler-te!

Virgínia do Carmo disse...

A poesia tb se come, e esta sabe muito bem...

Aliás, eu saio sempre saciada...

Um abraço

Fragmentos Culturais disse...

... tu sabes como me encantas quando 'crias' poesia!

Cuidada declaração amorável :)

Um beijo afectuoso,

São disse...

Nunca terei fastio desta tua poesia, podes crer!

Um abraço.

rouxinol de Bernardim disse...

Excelente, simplesmente!

Licínia Quitério disse...

O poema e o amor - únicos e plurais.

Abraço, Poeta!

Mel de Carvalho disse...

Bela a sua poesia. Fraterno abraço
Mel

mdsol disse...

:)))

Lis disse...

heretico

lindeza esse poema plural.
construir palavras
não fragmentá-las
e vir colhê-las é sempre um gostoso prazer
tenho fome , estou cativa desses versos! rs
poema em corpo de mulher - envaidece-me!
"acalanta meu coração/esquenta minhas mãos"

lindo gostei gostei
abraços

Ana disse...

Olá, trago um convite e espero não estar a abusar do teu espaço.... se assim for peço que me desculpes e que apagues o comentários.
Visita a nossa exposição de fotografia...
http://quadrodehonrafotomanya.blogspot.com/

jawaa disse...

Em dia de poesia, assim escrevem os poetas.

Lindo.