domingo, abril 03, 2011

35º ANIVERSÁRIO DA CONSTITUIÇÃO DE ABRIL


Sete vezes revista, vezes sem conta vilipendiada, mutilada, ignorada, quando não mesmo caluniada ou arremesada como razão e pretexto das dificuldades do País, a Constituição de República constitui, no seu espírito e letra, trave mestra do regime democrático, implantado com a gloriosa Revolução de Abril.

Celebremos o seu 35º Aniversário, com a coragem  de fazer dela a plataforma política de  todos aqueles que se propõem "abrir caminho para uma sociedade socialista, no respeito da vontade do povo português, tendo em vista a construção de um país mais livre, mais justo e mais fraterno".


4 comentários:

Rogério Pereira disse...

Esperava que o fizesse... que tivesse a mesma lembrança

Maria disse...

Havemos de a festejar como ela merece. Havemos de a cumprir até ao fim. Apesar das alterações que já teve, apesar de tudo o que já lhe fizeram, ainda é a Constituição de Abril!

Beijos.

lino disse...

Há quem queira apagá-la da história.
Abraço

Jorge Castro (OrCa) disse...

E fazem dela cada vez mais uma referência, em vez de instrumento de trabalho.

O tempora, o mores, como dar cabo do canastro a tais estupores...?