quarta-feira, novembro 16, 2011

SEARA NOVA - Outono 2011


Foi recentemente publicada a última edição da SEARA NOVA – nº 1717 - Outono de 2011. Como motivo suplementar de interesse a circunstância deste número celebrar o 90º aniversário da fundação da revista, cujas iniciativas comemorativas se realizarão em 2011/12.

Neste contexto, de salientar, desde logo, a capa da revista, de autoria da insigne pintora e seareira, Maria Keill, que pretendeu associar-se às iniciativas do 90º aniversário da SEARA NOVA, bem como o poema inédito e empolgante do poeta e ensaísta Manuel Gusmão, de que vos deixo brevíssima referência:

“Eu te saúdo, velho oceano, que guardas na caixa
Arcaica dos teus pulmões os rios que no teu corpo,
Apodrecem tantos despojos brilhantes e imprestáveis,
Equivalentes segundo o marcial padrão euro
Ao recheio exorbitante de 10 Centros Comerciais …”

Também a merecer destaque a “mesa redonda” com António Reis e Fernando Correia, que, com Sottomayor Cardia, tiveram papel determinante na renovação e no sucesso editorial alcançado pela SEARA NOVA no início da década de setenta.

Presentemente, além de outras actividades, o historiador António Reis é professor aposentado da Universidade Nova de Lisboa e Fernando Correia é jornalista, director do Curso de Jornalismo da Universidade Lusófona.
…………………………………………………………..

Leia, assine e divulgue a SEARA NOVA!...
“Há que fazermo-nos ao Mar, antes que sequem os rios…”












8 comentários:

C Valente disse...

90 anos , são muitos anos. Parabens
Saudações amigas

lino disse...

A ler vamos!
Abraço

Mel de Carvalho disse...

Vou tentar adquirir - por aqui não é fácil, só uma papelaria difunde, mas tentarei.

Um abraço fraterno
Mel

BlueShell disse...

Olha...a ERARA NOVA...uma maravilha: e a capa, extraordinária! Um evento a ser divulgado!
Grata
BS

Mar Arável disse...

90 anos

Uma jovem com experiências de luta

VÉU DE MAYA disse...

Uma verdadeira Relíquia! Não deixarei de ler. Obrigado, meu caro.

abraço,

Véu de Maya

mixtu disse...

antónio reis... uma refer~encia...
e claro a seara nova... está sempre nova

abrazo serrano com aliança

jrd disse...

Noventa anos, muitas vidas.

Abraço