domingo, novembro 11, 2012

Zeca Afonso - De não saber o que me espera


4 comentários:

Rogério Pereira disse...

"Mas quem vencer esta meta, que diga se a linha é recta..."

São disse...

A linha nunca é recta....e esta , então, está cheia de curvas, contracurvas e ziguezagues.

Boa semana

Mel de Carvalho disse...

e algum de nós, na conjuntura actual, saberá o que o espera?

mas seja lá o que seja, no horizonte, no perto e no longínquo, não se me vislumbra a cor do meu país de abril...


fraterno abraço
Mel

lino disse...

Sempre grande, o Zeca!
Abraço