sábado, fevereiro 23, 2013

Zeca Afonso - Vejam Bem


5 comentários:

São disse...

Ainda pensei em colocar esta, mas acabei por escolher Menino do Bairro Negro( deformação profissional, rrs)

Bons sonhos

Rogério Pereira disse...

Há uma coisa que me penalizo, não ter escrito no meu livro

Não ter falado desta canção... acho que o tenho que reescrever

Pata Negra disse...

amigo canto e morte
maior que o pensamento
abril não morre

por mais que novos ventos se levantem
de rumo a falsas índias
levando incautos marinheiros deste cais
abril traz sempre voz

virão mais cinco e mais
cantando sim ao dizer não
virão como tu outros iguais
fazer de Maio cantiga
fazer de Abril canção

amigo canto e sempre
até

heretico disse...

Pata Negra,

grato pelo comentário em forma tão solidária. e num poema tão significativo...

grato.

abraço

jrd disse...

Amigo,
É claro que vou pela tua estrada e havemos de lá chegar...um dia.

Abraço