terça-feira, abril 16, 2013

"CHÃO DE CLARIDADES"



 
O meu amigo Eufrázio Filipe concedeu-me o privilégio de escrever o preâmbulo do seu mais recente livro de poesia “CHÃO DE CLARIDADES”,  o que muito me honra.
 
Estarei também presente na cerimónia de lançamento, que se realiza no próximo dia 19, Sexta-Feira, pelas 18 horas, no Forum Cultural do Seixal.

Até lá...

(...) ”Na verdade, a poesia de Eufrázio Filipe, fundada embora no terreno concreto da vida, por onde perpassam inquietações e dúvidas, é, digamos assim, estrelar. Como se o pequeno grão de areia que o autor obsessivamente persegue em vários dos seus poemas, de tão denso, explodisse.
E o clarão germinal polvilhasse o seu universo poético de uma profusão de metáforas e alegorias, onde se encandeiam linhas, ritmos e pulsões que dão corpo ao devir do poema, na (a)ventura da forma definitiva – sempre incompleta, como em toda a obra humana!...”

Manuel Veiga

11 comentários:

São disse...

Parabéns a ambos e que o lançamento seja um sucesso!

Bons sonhos

Licínia Quitério disse...

Fico muito contente por ambos. Estarei presente da única maneira possível - em pensamento, desejando uma tarde linda para os meus queridos amigos poetas.

Mar Arável disse...

Abraço amigo

lis disse...

Sou fã dos dois amigos, lamento morar do lado de cá e perder a chance de apreciar de perto os poetas.
'Chão de Claridades'_ o título e o preâmbulo já criam expectativas para quem gosta e é amigo das palavras.
Que seja uma noite de festa por mais um livro que chega para engradecer a literatura portuguesa.
Parabéns aos dois,
com abraços

© Piedade Araújo Sol disse...

e que seja um sucesso

os "irmãos" merecem...

:)

Maria João Brito de Sousa disse...

O maior dos sucessos para mais esta obra do Eufrázio Filipe, cuja magnífica poética vou conhecendo do seu blog Mar Arável!


O meu abraço!

Ana Tapadas disse...

Espero o maior sucesso e...ler aqui alguns dos poemas.


Beijinho

Rogério Pereira disse...

Partilharemos a palavra e as cumplicidades. Vai ser bom estar.

jrd disse...

Vai ser um chão partilhado.
Abraço

Lídia Borges disse...


E como dizê-la, (à poesia do Eufrázio) de modo mais justo?

"Um grão de areia que explode" iluminando.


Parabéns!

bettips disse...

Amigos que conheço por outros e uma roda infindável de Abril que nos conforta. Parabéns!