sábado, agosto 03, 2013

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA XXXVI

 
Existe em Babilónia, um insólito negócio. Leonino... Que, como uma lapa, corrói o casco do barco afundado...
 
Hammurabi, o legislador, nomeia uma alforreca – especialista em swaps – fazendo de conta. Que ergue a almoxarife-mor do reino...
 
Os babilónicos pasmam. Muitos se indignam com a praga...
.................................................................
 
E um velho merceeiro de bairro, esmagado por dívidas – “Quem vende faz o preço – quem compra, paga!...”
 
E num apelo angustiado: “Babilónicos, libertem-se deste jogo!...”

10 comentários:

São disse...

Quando acabará este pesadelo despudorado do BPN?!

Como é possível, que nada aconteça a quem lucrou e continuemos a pagar sem sequer tentar algo contra quem roubou??

Fica bem

Anónimo disse...

Coitado do retalho, num tempo de "grossistas".
Abraço

Gisa disse...

Babilônia beira ao caos, ou será que já é o próprio?
Um bj querido amigo

GL disse...

Ora aí está! A nossa salvação está, precisamente na ajudinha da alforreca.
Abençoada seja!..

Ana Tapadas disse...

«Alforreca», deve ser essa a classe natural a que pertence a senhora, sim. Indescritível o tempo que estamos a viver...
Que bom haver Heréticos!


(Sobre Llosa, tens toda a razão.)

bjs

Graça Sampaio disse...

Os Babilónicos são uma cambada de mongos (como dizem os alunos...) e não se mexem nem por nada! Não sei de que estâo/estamos à espera!

maceta disse...

parece-me que os mongos habituaram-se a levar no lombo e agora até gostam...

lino disse...

Grande insulto às alforrecas!
Abraço

Peter disse...

Muitos problemas levaram-me a andar afastado do blog e afins durante 3 anos.
Vejo o anúncio da Seara Nova e recordo a morte súbita do meu vizinho o Dr Ulpiano.
Tudo está uma m... pior é impossível. Publica uns dos teus versos de que tanto gostava, ao menos é algo de agradável.

Blueshell disse...

hehehe...
Grata pela visita e comentário. Gosto de te ver por lá...
beijooooo