quarta-feira, abril 23, 2014

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LVII


Hannibal, o possidónio, anda de raivinha afiada. Os arautos proclamam que Babilónia nada lhe deve – apenas o desastre!...

Então, o “homem do leme”,  sinuoso, tropeçando na língua, cospe veneno contra os adversários: “Faits divers, apenas! Deixe-nos trabalhar...”

A praça, carregada de memória, agita-se... Hammurabi, o legislador, inquieta-se. E invoca o “deus-fetiche” – os Mercados!...
.................................................................................................

E um velho soldado, ébrio de Utopia: “O Povo é quem mais ordena! Babilónicos, ocupemos o palco, antes que seja tarde!...”

 

 

7 comentários:

Sónia M. disse...

"Babilónicos, ocupemos o palco, antes que seja tarde!..."

Fico-me pela frase do fim do texto...

Beijo

lino disse...

Bora lá!
Abraço

O Puma disse...

O povo é quem mais ordenha

até quando?

Abraço

jrd disse...

Já se ouvem as pancadas de Molière.
Vamos!

Abraço fraterno

Graça Pires disse...

Gosto do "velho soldado, ébrio de Utopia". Estou com ele.
Antes que seja tarde...
Um beijo, amigo.

ॐ Shirley ॐ disse...

Percebe-se uma imensidão de sentimentos, nas entranhas das entrelinhas...
Beijos, heretico! Muita paz!

Graça Sampaio disse...

Acutilante, sempre, e com as palavras exatas.

A última frase é quase um poema...

Beijo.