domingo, abril 27, 2014

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LVII

 “Vistas curtas!...” – proclama Hannibal, o possidónio, salivando raivinhas...

Em Babilónia, porém, tudo mingua. Apenas cresce a fome e a miséria – e o mofo de Hammurabi...

Ao que consta, a praça acorda e agita-se...

Babilónia tem Memória e desce à rua. Os babilónios querem uma alternativa - jamais uma “União Nacional”...
............................................................................
E um velho reformado, dividindo a manta (aliás curta) – “Aceita, filho! – vamos à luta!...”
 

11 comentários:

Graça Pires disse...

Vamos à luta, sim, amigo, porque mesmo quando não desce à rua "Babilónia tem memória" e a Liberdade é o maior bem que não iremos perder...
Um beijo, amigo.

Graça Sampaio disse...

A metáfora sempre tão bem usada!

Beijo.

lino disse...

Vamos, pois!
Abraço

Lídia Borges disse...


"Ao que consta..."

Aceitamos pois!...

Um beijo

Rogerio G. V. Pereira disse...

Hannibal que se cuide

Não há manta que seja curta, quando aceitamos a partilha
será bandeira de luta
impondo a alternativa

Ana Tapadas disse...

"salivando"...porventura o que melhor o define.


Beijo

lis disse...

'Vamos á luta'
Quem sabe faz a hora, não espera acontecer
...
A certeza na frente, a história na mão
Os amores na mente, as flores no chão...
Caminhando ... heretico

jrd disse...

Quando a praça enfim acordar, quantas mantas veremos agitar?!

Abraço Amigo

Sónia M. disse...

Não há manta que seja curta,
se com ela se faz a luta. :)

Beijos

Jorge Castro (OrCa) disse...

Hannibal, o possidónio,
dado a raivinha de dentes
lembra-me sempre um António,
Oliveira para os crentes...

Valeu a este a cadeira
de três pés sem ser tripeça...
Ao outro... não há maneira:
nem sai, nem cai, nem tropeça!

De «vistas curtas», então,
acusa tudo em redor;
mas algum míope anão
do que ele vê bem melhor...

Desculparás, meu caro, mas estava mesmo a apetecer-me... ;-)»

Abraço.



heretico disse...

abraço, caro Jorge.
vai para a primeira página!