sexta-feira, janeiro 16, 2015

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LIV


Havia em Babilónia uma “Passarola”. Que voava, voava... - e levava os babilónicos pelas “sete partidas do Mundo”...

Um dia, o deus “Mercado” murmura ao ouvido de Hammurabi, o legislador, que a ufana “Passarola” não passa de uma carroça desconjuntada - que Hammurabi se apresta, então, a vender, conforme a inspiração divina...

Sem que, ao menos, os babilónicos saibam por quanto...

E manda dizer por um “ajudante” que permanece azul o céu de Babilónia – os babilónicos bons continuarão na “Passarola” e os maus serão defenestrados...
 ......................................................
E este vosso escriba, roído pela úlcera – “que outro nome se poderá dar aos filhos de uma cadela”?...

10 comentários:

lino disse...

Isso é um insulto à cadela!
Abraço

jrd disse...

Podes chamar-lhes mabecos.

Abraço fraterno

O Puma disse...

As urnas que os TAP

Lídia Borges disse...


Independentemente do motivo que sustenta o dito, que é "triste", eu realço este modo de dizer.

Como não rir (ou chorar)?

Há que (re)ensinar a "humildade" aos babilónicos, aplicando-lhes as penitências de acordo com o desacordo manifestado...

Lídia

Graça Sampaio disse...

Venderam os aneis, os dedos e já vão pelos braços acima! Mas os babilónicos não se ralam nada...Nunca se viu uma coisa assim!

Majo disse...

.
~ O povo, paralisado pela peçonha deste perverso Hammurabi,
consente na venda desta pobre Babilónia, a preços de saldos.
~ ~ ~

Graça Pires disse...

Como dizer? Como calar? Tanta imbecilidade junta...
Um beijo, meu Amigo.

Ana Tapadas disse...

Indigências expectáveis...

Beijo

Nilson Barcelli disse...

Um texto brilhante.
Que os FP visados nem merecem, já que vendem porque sim. E nem interessa a quem nem por quanto.
Tem uma boa semana, caro amigo.
Abraço.

AC disse...

Já pouco resta de nosso, para além do ar que respiramos.
Os paus mandados são assim, sempre prontos a agradar ao dono. São mesmo filhos da dita.

Abraço