quinta-feira, abril 23, 2015

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXI


Babilónia exaurida apresta-se a novos torneios. Luzem-se brasões e armas e desfraldam-se pendões... E rebentam nos céus os primeiros foguetes...

Hammurabi, o legislador, e seu séquito insistem e persistem no golpe das “inevitabilidades”...

Sir Tony, o dos sete costados, ensaia o rodeio das “evitabilidades”pretende evitar as semelhanças, sem marcar as diferenças...

Na Praça, pitonisas e nigromantes lêem a sina – sempre a mesma!...
................................................................................

E um velho romeiro, gasto de mil viagens, um tanto céptico: “Babilónicos, mudem as regras – e o jogo será outro!...”




8 comentários:

Graça Pires disse...

A sina é sempre a mesma? então mudemos as regras como diz o "velho romeiro gasto de mil viagens"...
Um beijo, meu amigo.

CÉU disse...

Esta sua Babilónia (mas qual o motivo de chamar a este "reino", Babilónia? Então, Suméria, Fenícia não ficaria bem, tb?)está cada vez melhor. Vou dizer-lhe um segredo, mas prometa k não conta a ninguém: eu estou apaixonada por "Sir" Tony.
Já foi a "minha casa", mas não disse nada sobre o vídeo, por exemplo. Tem o relógio "desacertado", só pode.

heretico disse...


tem razão, amiga: o meu relógio, de vez em quando, acelera o tic-tac (do pêndulo, está claro) e o ritmo (do tempo) acelera. mas quando assim é, Babilónia é uma festa!

com que então Sir Tony, o dos sete costados, "frequenta a sua casa"? percebo agora as suas "evitabilidades" - o homem está comprometido!

o que será que a minha amiga guarda no vídeo?!...

(venha sempre - assim mordaz!)

Majo disse...

~
~ ~ Um romeiro sábio...

~~ Nesta fase de miséria ignominiosa,
~~ todas as mudanças são bem vindas
~~ na triste e devastada Babilónia...

~~~~Beijo~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

CÉU disse...

Caríssimo amigo!

Mas o seu relógio é já antigo, parece na imagem, e ainda entra em tic-tac, assim, a modos que desenfreado? Então, aconselho a que "ponha mão" nesse pêndulo, do relógio, quero eu dizer, pke sempre k há uma aceleração, há festa, e da rija, na "sua" Babilónia.

O "meu amor", "SIR" Tony não frequenta a minha casa, nem eu a dele, porque isso daria mto nas vistas, portanto, os "rendez-vous" são noutros sítios. Esquemas. Entende?

Bem, não vou revelar o k há de tão apelativo no vídeo, k coloquei no meu blogue, como deve compreender, mas sei k vai gostar. Depois, diga-me, p favor, o k sentiu. Combinado?

Voltarei sempre k se justificar, sempre k me apetecer e enquanto o meu digníssimo amigo não me expulsar daqui, revolucionariamente, mas eu reajo, e disso não tenha dúvidas.

E depois, vá olhando as visitas ao seu blogue. Acredite no 7º ou 8º sentido feminino(s).

Fique bem!

heretico disse...

Caríssima,

mas que euforia por aí vai!...
mas olhe que Babilónia não está sempre em festa, nem o meu relógio (de pêndulo) é o bombo (da festa, claro)!

é um relógio certinho, por quem nutro aliás grande estimação...

quanto ao "seu" Tony ( o dos sete costados) que lhe faça bom proveito...

que eu de "esquemas" nada entendo! nem eu sou de perfil "esquemático" - sou mais do tipo fantasista...

coisas de poeta, percebe?

jrd disse...

Imparável o pêndulo vai mudar as regras e o jogo será outro e vitorioso.

Um abraço fraterno

Agostinho disse...

"O que faz falta é avisar a malta",
perdão, babilónicos, não vão eles adormecer com as balelas do costume na hora do jogo.