terça-feira, abril 17, 2018

EM LOUVOR DA AMIZADE...


Amizade é um alagar-se por dentro
Num lento movimento sem gestos: quase mudo!
Uma música sem ritmo, um quase-nada
Que assinala e acrescenta
E sem tempo se demora
A somar gente
À gente.

E nada pede. E se deixa assim ficar     
A bailar...

Como se nada fora!...

Manuel Veiga

"CALIGRAFIA ÍNTIMA" 
POÉTICA Edições - Pág. 42
Maio 2017
.............................................................

(Reedição)





10 comentários:

Larissa Santos disse...

Muito bem. Boa noite :))

Hoje:- {Poetizando e Encantando} Se chegares, amar-me-ás eternamente.

Bjos
Votos de uma Óptima Terça-Feira.

Teresa Almeida disse...

Também não esqueci este poema. Um brilhante registo de amizade, quando "Caligrafia Íntima" se oferece ao leitor.

Abraço amigo, Manuel Veiga.

Teresa Almeida disse...

E Zeca Afonso - sempre!

Gil António disse...

A amizade é NADA e é TUDO. Nesses dois contrastes nasce a pureza.
.
* Amor = Velas Acesas em Espinhos de Luz. *
.
Votos de um dia feliz.

Jaime Portela disse...

A amizade nada pede, na verdade.
Excelente, gostei imenso.
Continuação de boa semana, caro amigo Veiga.
Um abraço.

José Carlos Sant Anna disse...

Se Teresa não o esqueceu porque ela sabe que é poema para ser guardado como a amizade!
Abraços, caro poeta!

Tais Luso disse...

Ninguém é feliz sozinho: ter amigos é necessário em qualquer idade: são eles que nos dão apoio, são eles que nos fazem sorrir, são eles que nos escutam, são eles que nos consolam: portanto, amigo a gente escolhe!

Beijo, Manuel, belo poema, prezo meus amigos!
Um feliz fim de semana!

Pata Negra disse...

A modos como se diz "é fadista!" direi:
- é poeta!
Um abraço de amizade dum ex-poeta

Manuel Veiga disse...

Pata Negra,

espero um dia atingir esse "estádio superior" de ex-poeta.
entretanto, vou escrevendo uns versos
sem voz para o fado, nem sequer acompanhamento ...

abraço de amizade de um fadista frustrado!

Ana Freire disse...

Magnifico este louvor, e definição de amizade...
Mais um belíssimo poema... para apreciar e reapreciar!
Beijinho
Ana