quarta-feira, maio 21, 2008

Brubeck - Take 5 (live 2004) - part II

take five, take me...

16 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Boa música, sou apreciador de jaz, embora não especialista.

Gostei do poema no post anterior. Muito bom.

Bom feriado, abraço.

Justine disse...

Interessante, o jogo de palavras:))
Mas "Take five" é completo, não precisa de mais nada!

SILÊNCIO CULPADO disse...

Herético
Take Five é uma referência.
Gostei.

Licínia Quitério disse...

Isso pode traduzir-se por "Toma lá mais cinco!"? :))

Bom feriado.

Tinta Azul disse...

e além do mais...
gosto do Dave Brubeck :)

Jorge P.G disse...

O Dave Brubeck Quintet é um dos meus grupos de jazz preferidos há muitos anos. Este «Take Five» é uma das suas imagens de (boa)marca!

Bom gosto musical, está visto, ou melhor, parecido com o meu!

Os meus cumprimentos.
Jorge P.G.

Um Certo Olhar disse...

Take five or take me.

Good music.______________________

beijo

São disse...

Não gosto muito de jazz...
Se aceitares, tens uma gracinha à espera de a ires buscar lá em minha casa.
Sê feliz.

Sophiamar disse...

Amigo

Há quanto tempo não te visito! Desculpa a falta de assiduidade. Eu sei que não tenho que o fazer mas é a força do hábito. De Jazz gosto muito e vem-me à memória o Villas-Boas do Hot Club de Cascais.
Depois, aquele post do pardalito é uma ternurinha. E a escrita? Ai amigo, fiquei encantada. Não haveria encómios suficientes para te dizer.

Beijinhos

Maria Laura disse...

Gosto de te saber apreciador de jazz. Um clássico, o que aqui nos eixas.

mariam disse...

aprecio jazz (mas não tenho grande cultura)...
parabéns p`la escolha (esta nasceu antes de mim!!!)

um sorriso :)

un dress disse...

take

dave brubeck

sempre! :)





beijO

dona tela disse...

Fui ao cabeleireiro. Vaidades...

Tela

Bloga Comigo disse...

Convido-o para uma nova leitura. Ao som do jazz. O cinzento dos dias, a quietude, a nostalgia instalada,faz-nos regressar ao sabor da palavra,ao som, ao sentir. É uma obra que nos comove como todas as obras da Isabel.

Beijo

Graça Pires disse...

Voltei para apreciar a música.
Um abraço.

Leonor disse...

Vim à procura do jazz, mas como sou limitada em termos informáticos, fiz uma primeira audição com a música que está pré-definida em ruído de fundo, uma experiência, no mínimo estranha...

tive que sair do blog e entrar no youtube, mas valeu a pena

bom fim de semana