sábado, maio 28, 2011

"NO CORAÇÃO DA TRÓICA..."

in Expresso, de 28.05.11

Talvez o “coração da tróica”
Seja a implosão das trevas
E a palavra expluda magnânima
E o indizível nome seja os nomes todos
Em frementes lábios…
E Wagner seja o impossível sopro
De napalm…
E o rio um mar de brasas.
Talvez a viagem dobre as sombras
E as ciladas sejam o rumor de febres
Apenas. Ou proféticas trombetas nas muralhas.
Apocalípticos sons de agora…
Talvez o poeta se cale
Ante as avenidas plenas
Da cidade…
Em verdade, em verdade
Antes labaredas e a escalada rubra das águas
Que parados barcos. Ou esverdeados limos
No sangue corrosivo desta hora…
  

15 comentários:

São disse...

Nós estamos mas é no coração das trevas...nem Conrad imaginaria pior!


Fica bem

O Puma disse...

Antes o sonho de carne e osso

a dardejar nos mastros mais altos

Abraço

Rogério Pereira disse...

Poeta
Será solução
que as trevas entrem em implosão?
Será solução que a palavra expluda?
A resposta está na escalada rubra das águas...
Se não ela, o grito
de um gesto feito
no tempo e no sitio certo.
Se não chegar encontraremos o que bastar...
Fica certo, poeta

VÉU DE MAYA disse...

Quase profético! Meu caro.

abraços

Licínia Quitério disse...

Talvez venha o dilúvio que purifique as terras e os corações. Não, o poeta não se calará que a sua voz também é água.

Grande abraço, Poeta.

Mel de Carvalho disse...

Só vejo como solução o regresso à forma primitiva, ao coração da terra (não da tróica), ao respeito pela terra. Mas isso suja as mãos, faz supor as estopinhas e o pessoal não gosta.

Bem-haja,
Fraterno abraço
Mel

lino disse...

Um poeta nunca se cala.
Abraço

jawaa disse...

Não, não se cale o poeta nunca!
Um abraço, haja fé!

ariel disse...

Gostei. Só isso de o poeta se calar é que me deixou a pensar...

Abraço

rouxinol de Bernardim disse...

no coração da vergonha...

© Piedade Araújo Sol disse...

talvez, o poeta não se cale...

boa semana!

beij

C Valente disse...

Tristeza este país
Saudações amigas

C Valente disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lis disse...

A vida é bela heretico ,apesar .
que tal migrar pra cá ?
uns poucos tempos e logo verá que a a troíca aqui e tão somente menos poética e só.
mas vivemos felizes e que Deus nos proteja , até mesmo aos hereticos contumazes rs
meu abraço
o poema é lindo!

Miosotis disse...

... gostei de Wagner... não sei por que razão, teu poema levou-me ao filme 'Apocalipse'... estarei errada?!

O poeta cala-se?! Não creio! Poeta esgrime com palavras até ao fim...

Um beijo amistoso,