quinta-feira, fevereiro 23, 2012

Zeca Afonso - A Formiga No Carreiro



José Afonso, Sempre!

4 comentários:

São disse...

Hoje também o recordei, como sempre!

Serena noite

POR FAVOR, exila esta surreais provas de que não sou robot: é a terceira tentativa!!!

jrd disse...

Há que mudar de rumo.
Abraço

Canto da Boca disse...

E já se passaram 25 anos sem o Zeca...

Faço meu o pedido da São, algumas vezes já desisti, porque não consegui provar que não sou um robô...

VÉU DE MAYA disse...

O Zeca, uma referência inesquecível de homem e de artista. O meu aplauso para ele, esteja onde esteja.

abraço,

Véu de Maya