quinta-feira, dezembro 27, 2012

RIMA A RIMA, ANTONIO...


 
Rima a rima, António
Como quem se arrima
Ao perfume da palavra
Que há-de vir...
Como estrela a luzir...
Ou Supernova que explode
Sem nada a deter
Na vibração do SER...

Mas se a gente se envaidece,
Como agora acontece
A palavra tropeça
E a escrita amolece...
 
O poema então coxeia, oh, oh...
E o poeta se enleia:
Ídolo de barro nos pés
Que se desfaz em pó...
 
(Razões que a vida tece...)

Afinal,
Viver, crescer (e escrever)
Nada mais é
Que abraçar o Mundo
E ser tudo
No nada que se é...





 

19 comentários:

Rogério Pereira disse...

Abraça o mundo António
Teus pequenos braços hão-de chegar
O mundo é tão pequeno...

Ah, e rima
Rima sempre
Rima contra a maré
(pois para ti vai sobrar
muito ainda de rimar)

Hanaé Pais disse...

Uma rima, que me fez rir e muito.
É verdade nada somos.
Humildade, Sempre!

© Piedade Araújo Sol disse...

A gora a rima
N ão rima
T alvez amanha
Ó h se rima alvorecendo
N a manhã fria
I nda que não rime
O u que eu forçe a rima….

o António deve ter ficado feliz com este poema (muito belo) do avô babado

beijo

jawaa disse...

Olhem que firmeza no olhar, frontalidade de ser e de estar, as mãos cruzadas repousadas...
quem não tropeça mas palavras na ternura vaidade de ser avô de um menino assim?
Um beijo aos dois pela felicidade se se terem um ao outro

quem és, que fazes aqui? disse...


Bonito recado ao António. Emotivo pelo carinho de "experiência feito".

Um Bom Ano! Já só peço Justiça Social, o princípio...

Beijo

Laura

lino disse...

Avô babado!
Abraço

Mel de Carvalho disse...

O António, quando for (mais) crescido, vai adorar ler estes poemas.
Bem-haja, pois, pela partilha.

Estimado Herético, desejo-lhe, a si e aos seus, uma excelente 2013, replecto de paz e harmonia.

Fraterno abraço
Mel

Graça Pimentel disse...

Obrigada pelos votos de Boas Festas. Que o 2013 te traga aquilo que desejas.

bj

lis disse...

É uma arte ser avô!
E que delícia ter um Antonio!! bracinhos no pescoço, chorinhos e pirraça, tumultos nas festinhas infantis... ah ! a vida nos dá netos pra nos compensar das mazelas de todo o resto...
e o poema de sedução? que o Antonio ainda não percebe_com esse rostinho santo muito ainda tem que 'abraçar o mundo' pra ser como o avô,
linda 'Rima a Rima' heretico
fiquei rendida ao Antonio,
abraços e que 2013 lhe dê mais netos rsrs muito mais carinho e alegrias _ o resto é resto ok? voce sabe!
abraços e obrigada por compartilhar por acolher por encantar,
Um Ano Bom
Um brinde ao Antonio e à sua Felicidade!

Mar Arável disse...

Tudo pelo melhor

quando acender um fósforo

para te ver sorrir

Lídia Borges disse...

"Que abraçar o Mundo
E ser tudo
No nada que se é..."

Abracemos o mundo, então, e deixemos crescer as crianças protegidas nesse abraço.

Um BOM 2013

Lídia

Sandra Subtil disse...

Que final fantástico!
Abracemos a vida e façamos brotar estrelas dos olhos da madrugada.
Beijinho e um excelente 2013!

R. disse...

Absolutamente fabuloso. Lúcido mas leve; irónico mas cândido.

Votos de um novo ano igualmente belo.

quem és, que fazes aqui? disse...



Bom Ano!

Beijo

Laura

Licínia Quitério disse...

Da ternura pela vida nova.
Deixo aqui os desejos de paz, saúde, amor, no ano que aí vem.
Beijo, Amigo.

© Piedade Araújo Sol disse...

olá

agradeço e retribuo os votos de ano novo

obrigada!

beijo

;)

M. disse...

Um abraço com desejos de Bom Ano Novo.

rosa-branca disse...

Abraçar o mundo meu amigo com e ser tudo no nada que se é...amei demais.
Feliz Ano Novo meu amigo, com muita saúde, paz e muito amor. Beijos com carinho

jrd disse...

Meu caro António,
Como é bom ter um avô assim.
Uma carícia para ti, um abraço para ele.