sexta-feira, março 22, 2013

 
 
 
 
ÓSCAR LOPES
2 de Outubro de 1917 – 22 de Março de 2013
 
 
 

11 comentários:

Rogério Pereira disse...

era suposto apenas aprender história da literatura com ele, aprendi, por ele, a amar a escrita... e a História

São disse...

Que esteja em paz!

Beijinho

Meg disse...

Vão desaparecendo os HOMENS dignos desse nome. R.I.P.

jrd disse...

«Quem fala nunca está absolutamente só, visto que pensa»

Mais um dos Nossos Maiores que parte.

Abraço

joão l.henrique disse...

Um pensador como ele nunca morre.
A sementeira fica feita.

Um abraço.

Mar Arável disse...

Até amanhã camarada

Graça Pimentel disse...

Morreu "um homem doce e de olhar vivo, que ama as crianças, os gatos, o chá e as camélias. Do apaixonado pela música e pela pintura."
Por motivos profissionais tive que me dedicar ultimamente a Óscar Lopes. Fiquei fascinada com este ser superior.

beijo

Maria disse...

Até amanhã, Camarada!

Licínia Quitério disse...

Um Homem assim não morre. Ausenta-se.

lis disse...

Infelizmente não conheci a escrita do poeta /escritor,
por sua fala e pelos testemunhos nos comentários vê-se que perdemos um grande homem _ desses que não se fazem mais...
abraço

jawaa disse...


Foi com ele que aprendi que a voz dos homens tem de ser complementada, contextualizada no tempo, também no espaço, muitas vezes.
Aprendi a Lieratura no lugar que lhe compete dentro da História, de mão dada com as outras Artes.

Pessoas assim vivem para sempre.

Um abraço