domingo, novembro 16, 2014

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXIII



Babilónia vende os anéis e os dedos. Mas a cidade está salva. E pródiga...

Vice-Hamurabi, o trampolineiro, inventa os “vistos de oiro”uma autêntica mina...

De oiro, está claro...

A Praça, idólatra, esfrega os olhos, aprisionada no labirinto – afinal nem tudo o que luz é oiro! O bezerro corrói as entranhas e o coração da cidade...
.....................................................

E o fantasma de um velho filósofo, atroando os ares: “Babilónios, não desesperem, nem se rendam - oiro ou pechisbeque tanto vale!...

Oiro é a lucidez e a determinação da luta – o vosso trabalho é que dá valor às coisas...”


7 comentários:

Graça Sampaio disse...

Trapaças em cima de trapaças! Foi anunciado que este "governo" seria o governo da verdade e da transparência...

(Grande Miguel Macedo, o Formigo, que se foi embora!...)

Rogerio G. V. Pereira disse...

"O bezerro corrói as entranhas e o coração da cidade..."

Verdade

Majo disse...

~ A prostituição prostra na lama a dignidade dos babilónicos...

~ Pais e educadores preocupam-se, cada vez mais, com a crise de valores éticos.

~ ~ ~ Nas ruas da Babilónia, vivencia-se o caos e o desespero! ~ ~ ~

Helena disse...

"Nem tudo que reluz é ouro" é uma observação que vale tanto aí quanto aqui, bem como em qualquer lugar onde a cobiça ao que seria um bem público faz reluzir a ganância no olhar...
Que tua semana tenha sorrisos e estrelas no teu caminhar,
Helena

G- Souto disse...

'No comment'... como na Euronews :-(

beijo 'Herético'

jrd disse...

É imperioso devolver aos babilónicos um brilhozinho nos olhos.

Abraço fraterno

Parapeito disse...

"Oiro é a lucidez e a determinação da luta – o vosso trabalho é que dá valor às coisas...”
Uma Babilónia cada vez mais descrente...
Brisas doces*