quinta-feira, novembro 26, 2015

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXXV


Para se salvar, Babilónia muda de rumo. Os babilónicos, exauridos, decidiram empurrar o barco e afastar os que sempre quiseram secar o rio...

Democraticamente defenestraram Hammurabi, “o legislador” e as suas “inevitabilidades” e concederam o poder a um novo Príncipe – Sir Tony, “o dos Sete Costados”...

E, com renovada alegria, anseiam voltar a amassar o barro...

Hannibal, o “coiso raivoso”, geme rancores e debate-se, como amiba, em estertor catatónico...
...................................................................

E um velho intelectual, algo empolgado, evocando sabedoria antiga: “as dívidas devem ser diminuídas, a arrogância das autoridades moderada, os pagamentos ao estrangeiro reduzidos para a nação não ir à falência; e as pessoas devem, novamente, aprender a trabalhar, em vez de viverem por conta pública...” (Cícero)


15 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Propósito sincero
esse, o dito por Cícero

Graça Sampaio disse...

Tempo de respirar fundo!! Arregacem-se as mangas e amasse-se o barro!!!

Beijo.

Suzete Brainer disse...

Esse Hannibal é o "coiso raivoso"
da espuma verde(lodo), agora deve
aumentar mais a raiva...rss
Sensato esta sentença do
"velho intelectual" sábio...
A tua ironia é estimulante...rss
beijo.

Jaime Portela disse...

O "coiso raivoso" está mesmo a espumar de raiva.
Mas a vingança não tarda, o dos sete costados que se prepare, pois o coiso vai tentar meter tudo na gaveta do veto... A menos que a Maria o faça mudar de ideias ou vá ao confesso... Ou que alguém lhe fale todos os dias nas acções do BPN e na casa do Algarve...
Um magnífico texto. E bem actual...
Caro amigo, tenha um bom fim de semana.
Abraço.

Majo disse...

~~~
Aproveito para congratular-me com os amigos
ligados aos partidos da esquerda portuguesa.

~ Quero enaltecer a determinação revelada
em acabar com tal tirania, a coragem política
em defender - a todo o custo - os direitos das
classes mais débeis da nossa sociedade.

Vós sabeis que sempre desejei esta parceria
e aliança, pelo que, estou feliz e desejo que
o novo xadrez sirva como lição definitiva à
direita prepotente.

Quanto ao raivoso,
~ até espumou na festa da sua despedida...


~~~ Abraço, amigo Manuel. ~~~~~~~~~
~ ~ ~ ~ ~ ~

Laura Santos disse...

Hannibal é uma destilaria de conservadorismo e raiva. Uma amiba que anseio que saia de cena.
E Cícero continua actual.
xx

Mar Arável disse...

Adeus até nunca mais

Abraço sempre

Teresa Durães disse...

Ah! Adorei! E a citação, esplêndida!

AC disse...

Esse Hannibal há muito que múmia é. Sem pé.
Gostei da invocação de Cícero, faz todo o sentido.

Abraço

ॐ Shirley ॐ disse...

Sério? Os babilônicos vão conseguir empurrar o barco e secar o rio?
Beijos, heretico!

anamar disse...

Outros aromas pairam no ar. Pressinto algo de primaveril neste inverno quase a entrar porta adentro.

beijinho,
Ana

Graça Pires disse...

Eu ajudo a empurrar "o barco e afastar os que sempre quiseram secar o rio..."
Um beijo, meu amigo. Dei pela tua falta.

maceta disse...

E o Hanibal a ter-se nas pernas a ver se não cai ao rio...
há momentos da história mais dolorosos do que outros.

jorge esteves disse...

Não sei Cícero as tinha, mas se as tivesse, com toda a certeza respirava a plenos pulmões o ar fresco das janelas que se abrem sobre o bafio entranhado.
Abraço, amigo Manuel.

Agostinho disse...

Espumou (cola cisne) pelos cantos
da boca. Esperneou como bode
velho querendo toda a palha,
agora, rennie, andor!!!