quarta-feira, fevereiro 05, 2014

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA L


Em “apagada e vil tristeza” Babilónia persiste agrilhoada...
Hammurabi, o legislador, manda assaltar os velhos e inscreve em altos cartazes que as gerações actuais se apropriam dos direitos das gerações futuras...

E, mimando-se de mágico, por todo o lado vê sinais de sucesso - o que é apenas o balançar das ondas a bater no barco...

Pindérico, vende os anéis e os dedos...

No Palácio uma nova moda – jogar ao “sair limpo, sair sujo...”
A Praça presta-se... – e debate!...

Cansados e resilientes, os babilónicos aguentam...e (des) esperam.
..................................................................

E um velho sem-abrigo, de veia anarquista e a transudar álcool: “Que fedor!... E que borrada!... Babilónicos corram com eles – sujo e mal cheiroso sou eu e, no entanto, já fui bem cuidado...”  

 

10 comentários:

Rosa dos Ventos disse...

Fomos sequestrados por um bando de meliantes! :(

Rogerio G. V. Pereira disse...

A Praça mexe-se, mal se vendo ainda...
precisa de ser mais mexida
pelos velhos com-abrigo
(antes que o percam)

Lídia Borges disse...


"Correr com eles"... Soa bem!



Beijo

Mar Arável disse...

Não ouvem os jovens com experiência

Abraço

Graça Sampaio disse...

Correr com eles - quem nos dera que este povo se mexesse!!

jrd disse...

Hão-de sair sujos. Vai ser limpinho...

Abraço

Helena disse...

Atualizando a leitura, amigo, sempre admirando a forma como tocas em 'feridas'...
A postagem de agora fez-me lembrar uma frase dita por um dos nossos políticos: "Como é fácil ser sujo neste país e sair limpo."
Ficam sorrisos e estrelas, sempre com minha admiração.
Helena

Graça Pires disse...

"Pindérico, vende os anéis e os dedos..." E a mãe se for preciso...
Beijos, amigo.

Lune Fragmentos da noite com flores disse...

Já não consigo comentar :-(

Beijos

Estela disse...

...Ai, esta Babilônia que persiste e se espalha!
Bjs.