domingo, dezembro 21, 2014

BACH TO AFRICA.sakanda+lasset uns der nicht zerteilen


9 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Belo o mar
e este cantar

Majo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Nilson Barcelli disse...

Um belíssimo som.
Um Natal Muito Feliz, para ti e para a tua família.
Um abraço, caro amigo.

Majo disse...

* Não me importava nada de estar à beira-mar em terras tropicais.

* Este mar forte parece-se com o do Cabo, dito das tormentas, onde
os navegantes de outrora, em alucinações, viam o tal terrível gigante.

* Não há canto mais genuinamente alegre do que o africano...

**** Abraço amigo.****
.

Graça Pires disse...

Obrigada, meu amigo, por este momento maravilhoso. Que o teu Natal seja habitado por muitas maravilhas...
Um beijo.

Menina Marota disse...

"O beijo da quilha
na boca da água
me vai trocando entre céu e mar,
o azul de outro azul,
enquanto
na funda transparência
sinto a vertigem
da minha própria origem
e nem sequer já sei
que olhos são os meus
e em que água
se naufraga minha alma

Se chorasse, agora,
o mar inteiro
me entraria pelos olhos"

Poema de Mia Couto,

que aqui deixo agradecendo o privilégio de ouvir esta música.

Feliz Natal para ti, familiares e amigos.

jrd disse...

Magnifico! De ouvir e de ver,
Um abraço frateno

G- Souto disse...

Venho deixar votos de Feliz Natal ! Muita saúde, afectos, e Paz.

Beijo

Teresa Durães disse...

Tenho este cd que adoro!