terça-feira, junho 16, 2015

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXVIII


Havia em Babilónia uma “Passarola”... Que voava, voava... E levava os babilónicos pelas sete partidas do Mundo!...

Um dia, o deus Mercado sussurrou ao ouvido de Hammurabi, o legislador, que, para sua glória, a Passarola devia ser vendida.

E assim foi feito - sem que ao menos os babilónicos saibam, ao certo, por quanto...

Hannibal, “o coiso”, solta um indecoroso “flatus” - e sente-se aliviado...

Pela Praça perpassa um odor fétido – muitos apertam o nariz...
..............................

E um velho mestre-escola,  roendo-se de amargura: “Quale ingenium, talis oratio” (tal o carácter, tal o falar)...”

E citando o Poeta maior, exorta: Um fraco rei faz fraca a forte gente – babilónicos, defenestrem-no. Já!..."

3 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

“Quale ingenium, talis oratio” (tal o carácter, tal o falar)...”

As boas ordens devem ser cumpridas, já que ele não se autodefenestrerá

O Puma disse...

Que viva a Grécia

Abraço

Helena disse...

Havia na blogosfera um poeta que voava, voava...
E mesmo sem saber nos levava nas asas de um sonhar para um mundo que ele desejava tão melhor, tão maior de se viver...