sábado, setembro 19, 2015

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXXIII


Vive-se em Babilónia um ritual consagrado. De quatro em quatro anos, Hammurabi, o legislador, despe-se de sua majestade e mergulha nas águas do grande rio, em “happening” com os babilónicos...

As águas fazem o milagre – e Hammurabi muda de máscara e, por vezes, de rosto...

O deus Mercado, benigno, manda dizer, por arauto celeste, que Babilónia continua lixo, mas agora lixo perfumado com um toque de “essências chinesas”!...

Hammurabi ajoelha, piedoso - e seu séquito entoa loas, desvanecido...
................................... 
E um velho alquebrado, mas rijo e sábio: “Babilónicos, a hidra tem mil cabeças e Hammurabi mil caras – preparem o golpe e não lhes façam o jogo, nem lhes aparem o lixo...



9 comentários:

O Puma disse...

A caminho das urnas

de novo
o pricipício
lá estarei com o povo


luisa disse...

Talvez as águas do rio que passa façam cair as máscaras.

Rogerio G. V. Pereira disse...

Abençoados
sejam os velhos rijos e sábios

que sejam pelos babilónicos ouvidos

que corram com o Hammurabi daqui

MARILENE disse...

O conselho do sábio deveria chegar a todos os cidadãos. Não só por aí, eis que se adéqua, perfeitamente, à nossa realidade. Abraço.

Marta Vinhais disse...

Que as águas limpem os tempos...
Obrigada pela visita...
Beijos e abraços
Marta

Helena disse...

E há os que não entoam loas nem sentem o lixo aromatizado com toque de “essências chinesas”, pois sabem que o “velho alquebrado, mas rijo e sábio” terá sempre razão... Sabemos que as máscaras caem depois que o “carnaval” terminar o desfile de suas “fantasias” e as serpentinas mostrarem o “lixo” do seu colorido.
Por aqui também temos o lixo perfumado com muitas essências, carnaval de dias de desfile em avenidas para isto preparadas e os confetes coloridos... Ah, e são tantos ainda que nem se consegue ver a avenida despovoada dos foliões...
Também para dizer que o texto lá no meu cantinho é de minha autoria (meio pernicioso dizer assim, rs) e a tela é de uma artista francesa, Anouk Caron, que muito admiro pelas belas “mulheres” que compõem a sua pintura.
Fica meu carinho nos votos de uma semana de paz e luz,
Helena

Suzete Brainer disse...

Como adoro esta tua ironia cortante
que voa entre as metáforas,
fazendo estragos nesta hipocrisia
podre do "poder"...
"Mas agora lixo perfumado com um toque de "essências chinesas"!..."
rsrs... Muito bom!
beijo, Poeta amigo.

Janita disse...

Nesta Babilónia de múltiplos disfarces, já com 73 episódios, muitas máscaras o meu amigo deve ter visto cair. E quantos rostos vemos e não sabemos qual o verdadeiro?
Qual será o sábio que ditará o conselho que nos faça distinguir a fragrância autêntica, da essência achinesada e enganadora?

Um beijo, Poeta e escritor de pena acutilante e misteriosa!

© Piedade Araújo Sol disse...

os velhos são sempre sábios....

:)