segunda-feira, junho 20, 2016

LE FLAMENCO Georges Moustaki

4 comentários:

Suzete Brainer disse...

Maravilhosa partilha...
Adorei!!

Majo Dutra disse...

~~~
Contra a tirania...
Muito belo, Poeta.
~~Bj~~~~~~

José Carlos Sant Anna disse...

Para nos arrancar do chão das próprias sombras...
Bela partilha!
Abraços,

Fê blue bird disse...

Sem poetas como Georges Moustaki, sem sonhos desvairados, sem utopias, a vida não valeria a pena.

Excelente escolha.

Um beijinho