sábado, abril 13, 2013

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA 18


Havia em Babilónia um Conselho de Sábios. Que cumpria com preclara perícia sua nobre função - vigiava para que a chuva viesse de acordo com o tempo e a Lua comandasse as marés...
 
Enfim, a ordem natural das coisas...

Hammurabi, o legislador, não lhe perdoa a ciência. Nem a independência – responsabiliza o Conselho pelo barco encalhado...

Os babilónicos, sem barro para amassar, murmuram, à socapa. E a balbúrdia continua na praça...

.................................................

Um velho poeta, sábio e semilouco, exclama: “o poder não quer a linguagem da verdade, mas a metalinguagem da aparência...”

 

 

9 comentários:

Rogério Pereira disse...

Sensível à sabedoria do poeta, o legislador fez impor um espectáculo diário de Beach wrestling... os babilónicos sentiram-se confortados, esquecendo por momentos a balbúrdia da praça

jrd disse...

Claro! O velho poeta tem razão: As aparências iludem.
Abraço

São disse...

Seria bom que os babilónios passassem da murmuração à acção!

Bom domingo

lis disse...

... e virou essa Babel que se vê !
e quanto mais confusão melhor \- o legislador sempre arma palanques e convoca :' Vinde , desçamos e confundamos cada vez mais a linguagem do Zé Povinho"
_ e assim a balbúrdia vai de vento em popa ... :/

abraço

lis disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
maceta disse...

suficientemente claro e certeiro

quem és, que fazes aqui? disse...


E com papas e bolos se enganam os tolos, dizia-se... e ele pensa.

Mas os babilónicos estão cada vez mais engasgados e um dia destes...

Beijo

Laura

Mar Arável disse...

As realidades
ficcionadas tornam-se
por vezes mais verdadeiras


lino disse...

Os babilónios têm medo de agir!
Abraço