sexta-feira, novembro 28, 2014

NOTÍCIAS DE BABILÓNIA LXV



Babilónia é uma selva. E um charco, onde reina poderoso rinoceronte – senhor do charco, julga-se o rei da selva...

Quando o lodo é mais denso, vem à superfície e despeja hiperbólicas indignações – que alguns confundem com rugidos...

Depois do “pássaro verde” - o “Espírito Santo dos milagres” - assume agora as dores do “animal feroz” – “preso sem ser julgado!...”, indigna-se...

E desfere palavroso ataque contra os juízes...
............................................................

E um velho jurista retirado da praça, mas não do Mundo: “dura lex, sed lex...” (a lei é dura mas é lei”, exclama. E pedagógico – “culpa, ubi no est, nec poena esse debet...” (onde não há culpa, não haverá pena...)

7 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Disse ainda o velho jurista:
"deixou de estar inocente,
passou a sê-lo, presumidamente. "

O Puma disse...

A ver vamos

diz o cego

Abraço sempre

Anónimo disse...

De umas castanhadas nas fuças... andam tantos a precisar! Ou uma esfregadela de ouriços
nos toutiços.

(estou a poetar,
classe média baixinha, diria até "um crescimento da negatividade")

(parabéns pela edição porque em Liberdade)
abç da bettips

jrd disse...

Senhordo charco, defende o pãntano e os que nele sempre chafurdaram impunidades.

Abraço fraterno

Graça Pires disse...

E precisamos de ver por onde andamos. Há pântanos por todo o lado...
Um beijo, meu amigo.

Carmem Grinheiro disse...


Como diria Drummond: "E agora, José?"

abç amg

maceta disse...

as leis feitas pelos homens estão prenhas de injustiça...justo, justo é o meu gato e a gata tambem.