quinta-feira, julho 23, 2020

POVO QUE LAVAS NO RIO - Homenagem a Amália




11 comentários:

Graça Pires disse...

É sempre bom ouvir a Amália cante ela o que cantar. A voz dela é única.
Um beijo, meu Amigo.

" R y k @ r d o " disse...


Bonita mensagem.,..
.
Abraço

Cidália Ferreira disse...

Todas as homenagens são poucas!!🙏🍀🌹
**
O sonho do tempo que me resta....

Beijo e um excelente fim de tarde! :)

Tais Luso de Carvalho disse...

Tenho escutado muito os cantores de Portugal, mas Amália Rodrigues, para nós no Brasil é uma referência forte, que bela voz!
Uma ótima homenagem!
beijo, até mais, Manuel!

Jaime Portela disse...

Uma homenagem bem merecida.
Venham todos a Viana... agora não, que não há Festa da Srª da Agonia, talvez para o ano...
Bom fim de semana, caro amigo Veiga.
Abraço.

© Fanny Costa disse...

Amália, sempre eterna na alma de Portugal e do Mundo!
Gostei muito.
Beijinhos

José Carlos Sant Anna disse...

Uma escala de sete cores brilha para sempre em Amália!
Um abraço, meu caro amigo!

Quase Cinderela disse...

Adoro a Amália
Obrigada pela lida homenagem
Beijinho

Alexandre Luso de Carvalho disse...

Caro Manuel, boa tarde (aqui do Brasil).

Apesar de gostar muito da Carminho, Mariza, António Zambujo e de outros da nova (ou atual) geração do fado, nada como ouvir Amália...

Abraço do outro lado do Atlântico (aqui de Porto Alegre/RS)

Manuel Veiga disse...

Seja bem vindo, Alexandre Luso de Carvalho

também eu, como a generalidade dos portugueses,
aprecio toda a musica brasileira, sobretudo os poetas
e músicos da minha geração

a Amália, para além de diva do fado, é uma personalidade
muito interessante e faria agora 100 anos

abraço

Olinda Melo disse...


Amália, a voz que nos encanta e comove.
Sempre recordada e amada.

Abraço

Olinda

ADÁGIO

Desnudam-se as pétalas Uma a uma. E derrama-se a cor Nua. Indefinição ainda Que alastra   Agora sinfónica. Cor e vida. E se ab...