domingo, outubro 31, 2021

Um Cristal SWAROVSKI

 

Destilo meus erros – que pouco contam!...

E sublimo minhas penas – os livros que não li,

As viagens que ficaram e os amores

Que não colhi …

 

E a esse magma em ebulição

Adiciono  um pouco de lucidez

E quedo-me no crepitar

Das chamas…

 

Neste alambique de horas gastas

Soletro então um perfume que incendeia

E o alvoroço de uma lágrima

De cristal

 

A desprender-se, gota a gota,

Como se lágrima fora

Verdadeira…

 

Manuel Veiga

 

 

9 comentários:

Elvira Carvalho disse...

Muito belo.
Abraço, saúde e feliz Novembro

São disse...

Um dos teus mais belos poemas, meu amigo...

Te abraço e desejo bom Novembro.

Graça Pires disse...

Mas é lágrima verdadeira. Aquela que traz o brilho, um aceno de luz, um pressentimento de júbilo...
Lindíssimo o teu poema, meu Amigo.
Continua a cuidar-te.
Uma boa semana.
Um beijo.

Teresa Almeida disse...

Como se cristal fora e mais ainda.
A poesia, para ti, está sempre na hora de incendiar.

Um beijo, amigo Manuel.

Olinda Melo disse...


Cristal precioso feito Poema, amigo Manuel.

E nós aqui envoltos nesta magia,

da passagem pela vida do Poeta,

tomando contacto com os seus

momentos de introspecção, como

se fosse verdadeira.

Grande abraço
Olinda





Juvenal Nunes disse...

Por muito que se lamente um passado não vivido valem mais lágrimas verdadeiras do que lágrimas de crocodilo.
Abraço poético.
Juvenal Nunes

rosa-branca disse...

Amigo Manuel, mais um poema lindo que amei demais. Boa semana e beijos com muito carinho

rosa-branca disse...

Amigo Manuel, mais um poema lindo que amei demais. Boa semana e beijos com muito carinho

Tais Luso de Carvalho disse...

Um poema que brotou lá do fundo do coração, repleto de sentimentos e de alta sensibilidade.

"Neste alambique de horas gastas
Soletro então um perfume que incendeia
E o alvoroço de uma lágrima
De cristal"

Belíssimo, um do poemas que coloco no 'top' dos meus preferidos.
Meu amigo Manuel, estou colocando minhas leituras aos amigos em dia, alguns dias sem internet... pareceram um mês!

Uma feliz semana pra você, saúde!!!
Beijo.

ADÁGIO

Desnudam-se as pétalas Uma a uma. E derrama-se a cor Nua. Indefinição ainda Que alastra   Agora sinfónica. Cor e vida. E se ab...